Categoria: Críticas

Sem eira, nem beira

Nascido em Salvador, o artista Mano Penalva vive e trabalha em São Paulo. Tendo a cultura material como um de seus principais interesses de experimentação, Penalva propõe a subversão do valor de objetos do cotidiano, sobretudo aqueles ligados a ambientes domésticos, explorando o potencial poético que pode ser […]