Artigos e ensaios, Publicações externas

Após junho de 2013: coletivos estético-políticos na guerrilha do sensível

Em junho de 2013, uma série de manifestações tomaram as ruas do Brasil. A princípio como movimentos apartidários, sem hierarquia, organizados nas redes sociais, combatendo o aumento dos preços das passagens de ônibus. Tal cenário já vinha sendo anunciado com a greve dos professores da rede pública de diversos estados em 2011 e com a… Continuar lendo Após junho de 2013: coletivos estético-políticos na guerrilha do sensível

Artigos e ensaios, Publicações externas

Mídia tática como conceito operativo nas artes visuais | Revista Estado da Arte

Este artigo apresenta o conceito de mídia tática, seu surgimento nas formas de ativismo associadas à mídia, bem como suas raízes na ética punk e no pensamento de Michel de Certeau, com objetivo de identificar suas manifestações no campo das artes visuais, e em particular na arte contemporânea brasileira. Acreditamos que esse conceito, ainda pouco… Continuar lendo Mídia tática como conceito operativo nas artes visuais | Revista Estado da Arte

Artigos e ensaios

Por que destruímos imagens?

Trataremos aqui da violência contra as imagens. Mais especificamente da destruição de monumentos públicos e de possíveis significados desse gesto. Para tanto, é importante pontuar brevemente a relação entre imagem, morte e memória, que remonta às primeiras experiências de produção de visualidades e ainda permanece no cerne da imagem como potência simbólica. No Egito Antigo,… Continuar lendo Por que destruímos imagens?

Artigos e ensaios

Arte e antifascismo no jornal “O Homem Livre” (1933-1934)

Em 1933, chegavam ao Brasil notícias sobre a ascensão dos fascistas ao poder na Alemanha. Aqui, a Ação Integralista Brasileira (AIB) já se organizava desde o ano anterior, unificando grupos fascistas em diferentes partes do Brasil. Tal conjuntura fez ampliar o movimento antifascista no Brasil, à princípio radicado na capital paulista, e o fez acelerar… Continuar lendo Arte e antifascismo no jornal “O Homem Livre” (1933-1934)

Artigos e ensaios, Publicações externas

Entre espaço público e espaço expositivo: a arte em trânsito de Guga Ferraz | Revista Palíndromo

Com o objetivo de analisar a inserção de trabalhos de intervenção urbana em espaços institucionais, o artigo concentra-se em um conjunto de três intervenções realizadas pelo artista brasileiro Guga Ferraz em espaços públicos – Ônibus Incendiado (2003), Cidade Dormitório (2007) e Até Onde o Mar Vinha, Até Onde o Rio Ia (2010-2014) –, investigando as… Continuar lendo Entre espaço público e espaço expositivo: a arte em trânsito de Guga Ferraz | Revista Palíndromo

Artigos e ensaios, Publicações externas

Documentação e iconização do efêmero: arte contemporânea e intervenção urbana | Revista Porto Arte

O artigo discute o estatuto da documentação do efêmero na arte contemporânea, e em particular na intervenção urbana, considerando mais do que o caráter indicial da imagem documental, mas seu valor como ícone. Trabalhos artísticos efêmeros realizados na ausência de um público - devido a seu caráter clandestino ou à sua localização - têm sua… Continuar lendo Documentação e iconização do efêmero: arte contemporânea e intervenção urbana | Revista Porto Arte

Artigos e ensaios

Atrocidades Maravilhosas e Tupinambá Lambido: 20 anos de arte e mídia tática com lambe-lambes no Rio de Janeiro

Há cerca de 20 anos atrás, Alexandre Vogler começava a articular o que seria a primeira grande ação artística colaborativa de colagem de lambe-lambes no Rio de Janeiro – mídia que até então era pouco ou talvez ainda não explorada por artistas visuais cariocas. Cartazes lambe-lambe geralmente são vistos em tapumes, muros ou postes, anunciando… Continuar lendo Atrocidades Maravilhosas e Tupinambá Lambido: 20 anos de arte e mídia tática com lambe-lambes no Rio de Janeiro

Artigos e ensaios, Publicações externas

Homens de bem contra imagens do mal | Revista Poiésis

Alexandre Vogler, Tridente, 2006 A tentativa de interdição, por grupos cristãos, a uma intervenção urbana do artista Alexandre Vogler, bem como a perseguição pela polícia e por civis a trabalhos artísticos de Guga Ferraz, levanta discussões sobre a destruição de imagens e a potência a elas atribuída pelo olhar de quem as nega e as… Continuar lendo Homens de bem contra imagens do mal | Revista Poiésis

Artigos e ensaios

O que pode haver de conservador na arte?

Para alguns, falar de uma “arte conservadora” é um paradoxo, pois a arte nada conserva, ela tensiona e questiona. Outros, contudo, não veem contradição nesse termo e defendem as práticas a que ele remete, alegando a necessidade de frear um alargamento e remodelação do conceito de arte. Há ainda quem afirme que toda arte é… Continuar lendo O que pode haver de conservador na arte?

Artigos e ensaios, Publicações externas

Guga Ferraz: arte diante de conflitos urbanos | Atas do XIII Encontro de História da Arte da Unicamp

Atas do XIII Encontro de História da Arte: Arte em Confronto, 2019 Em 2003, o nome de Guga Ferraz circulou na mídia como o artista que “vandalizou” as placas de pontos ônibus do Rio de Janeiro, após colar nas mesmas adesivos em formato de chamas de fogo, como forma de sinalizar os recorrentes incêndios a… Continuar lendo Guga Ferraz: arte diante de conflitos urbanos | Atas do XIII Encontro de História da Arte da Unicamp