Arqueologia da ausência e espectros do passado

Na noite de 10 de maio de 1933, uma multidão se formou na Opernplatz (atual Bebelplatz), em Berlim, para a realização de um grande evento conduzido pelos nazistas: a queima de cerca de 20 mil livros. Entre os autores-alvo dessa ação furiosa estavam Sigmund Freud, Karl Marx, Albert Einstein, Franz Kafka, Rosa Luxemburgo, Bertolt Brecht, … Continue lendo Arqueologia da ausência e espectros do passado

Imagem, natureza e apreensão do efêmero: das gravuras de Hokusai às fotografias de Jeff Wall

No século XIX o Japão experimentou profundas mudanças políticas e sociais com a abertura do país para o comércio exterior, após um longo período de isolamento. Isso culminou, a partir da metade do século, em um processo de ocidentalização do Japão. Mas houve, de certa maneira, uma reciprocidade nesse processo. A imagem do Japão e … Continue lendo Imagem, natureza e apreensão do efêmero: das gravuras de Hokusai às fotografias de Jeff Wall

Cartografias do Novo Mundo: a presença e o papel da paisagem na arte da América Latina no século XIX

O século XIX, com a formação da sociedade industrial e burguesa e a consequente transformação do espaço, estabeleceu uma nova relação do homem com a paisagem e um anseio pelo reencontro com a natureza, que se traduz na arte através de paisagens românticas perpassadas pelas noções de belo, sublime e pitoresco. No Romantismo, em oposição … Continue lendo Cartografias do Novo Mundo: a presença e o papel da paisagem na arte da América Latina no século XIX